Inflação, cosmologia e BICEP2. O que descobrimos no dia 17/03?

Na segunda-feira o experimento BICEP2 divulgou resultados sobre os B-modes da polarização da radiação cósmica de fundo, fornecendo, segundo eles, a primeira evidência direta da inflação cósmica.

E o que tudo isso significa? Quais as implicações disso? Bom, o problema é que sou muito verborrágico, então resolvi aproveitar a oportunidade para fazer uma sequência de posts explicando cada parte da cosmologia, para podermos aprender (eu inclusive) o que está acontecendo. Espero ao longo dessa semana fazer todos (ok, sabemos que vai demorar mais, mas não custa mentir para levantar o interesse), e resolvi fazer esse post aqui para organizar tudo.

Se você não quer esperar, ou tem preguiça de ler 4 textos, eu recomendo olhar o que o D-Dimensões escreveu, acho que o único em português que está bem escrito e pesquisado. O Simetria de Gauge deve postar alguma coisa antes de mim, então pode olhar lá a hora que sair também (e aqui está).

Mas o meu resumo por hora do que aprendemos é isso aqui:

  1. As pessoas insistem em dizer que o Big Bang foi algum tipo de explosão, denunciando sua completa ignorância sobre cosmologia. Eu diria que essa analogia é quase tão odiada entre os cosmólogos como chamar o Higgs de partícula de Deus.
  2. As pessoas acham que o experimento ter alguma coisa a ver com ondas gravitacionais é sinônimo de descobrir elas experimentalmente. Então para ficar claro, ondas gravitacionais existem, todo mundo sabe, e inclusive deu o Nobel de 1993 para Hulse e Taylor por evidências indiretas (muito impressionantes). O BICEP2 não confirmou nada da teoria da relatividade geral que já não se soubesse e nem tem capacidades para isso. Para fazer melhor que os caras que citei, só os detectores diretos como LIGO, Virgo e similares.
  3. Experimentos delicados como BICEP2 são muito complicados para quem é de fora julgar se estão corretos ou não. Ainda que tenham aparecido estruturas estranhas nos dados deles só vamos ter certeza de alguma coisa quando algum outro experimento fizer uma medida parecida, como o Planck promete até o fim do ano. Então nada de Nobel para ninguém se ficarmos só nisso.
  4. Falando em BICEP2, o número de piadas como “biceps” foi bem menor do que eu esperava, o que implica que os físicos estão se tornando menos ridículos com o passar do tempo, vide todas as horríveis piadas pós-Higgs.
  5. No dia de São Patrício as pessoas acham normal ficar bêbados até passar mal com qualquer bebida verde, mas se ofenderiam se no dia 12 de Outubro um estrangeiro “comemorasse” tomando caipirinha e jogando futebol (e se você acha que 12/10 é feriado de dia das crianças fico muito, muito triste por você).
  6. Nas palavras do Jester: “uma coisa é estudar o universo antes o Big Bang, agora estabelecer uma conexão de internet é algo completamente diferente”
Anúncios